Notícias

Diretores visitam agências bancárias no Norte do Piauí e atualizam categoria sobre reformas, terceirização e campanha salarial


O Sindicato dos Bancários do Piauí intensificou as visitas às agências bancárias no interior do Piauí, e desta vez o destino foi para região Norte do Piauí, no período de 21 a 24/11. A primeira caravana formada pelos diretores Arimatéa Passos, Hortência Oliveira, Robert Mendes e Carlos Arias (Camarão), esteve nas cidades de Piripiri, Pedro II, Piracuruca, Cocal, Buriti dos Lopes e Parnaíba.

Já a segunda caravana, composta pelos diretores Paulo Toussaint, Emiliano Filho, Odaly Medeiros e João Neto, percorreu as cidades de Barras, Esperantina, Luzilândia, Porto, Joaquim Pires, Matias Olímpio, Nossa Senhora dos Remédios e Batalha.

Arimatéa Passos ressaltar que nas visitas às agências esclareceu aos bancários como se dá a campanha salarial deste ano e que foi um fato positivo ter firmado um acordo de dois anos, “pois em 2017 temos uma lei trabalhista que altera muito as nossas relações, mas como temos tanto na Convenção Coletiva dos Bancários como nos acordos individuais por banco, cláusulas que preservam o direito do trabalhador bancário”, justifica, mencionando que foi importante fazer este tipo de esclarecimento junto aos bancários.

Na oportunidade, lembra o presidente do SEEBF-PI, “também aproveitamos para prepará-los para a dificuldade que vai ser a campanha de 2018, já que vamos começar do zero e com várias restrições na lei trabalhista e terceirização, pregando principalmente a união que é a chave da gente manter o que tem conquistado para quando partirmos para o momento de luta e greve”, pondera Arimatéa.

Ele disse que foram destacadas também questões referentes aos processos trabalhistas, além de falar sobre a inauguração da ampliação da Colônia de Férias dos Bancários, inclusive com alterações do Regimento Interno porque precisa ser mais valorizada pelo bancário, até por conta do elevado valor que foi investido através da contribuição do bancário, imposto sindical, além de parte proveniente de sobras dos processos jurídicos que o Sindicato ganhou contra os bancos.

De acordo com Paulo Toussaint, “a receptividade dos bancários foi muito boa, até porque repassamos informes sobre campanha salarial, andamento dos processos, inauguração da Colônia de Férias, Reformas Trabalhista e da Previdência, Terceirização, bem como reestruturação dos bancos”, relata, acrescentando que percebeu o anseio da categoria de ter a presença dos diretores do SEEBF-PI para prestar esclarecimentos sobre o que é de interesse dos bancários.

A diretora Hortência Oliveira defendeu a participação dos bancários em todas as manifestações e audiências públicas, como forma de também convocar a população em geral. “Temos que buscar informações e conversar com os colegas. Vamos intensificar a defesa dos bancos públicos, dos empregos e direitos dos trabalhadores, pois somente com união podemos neutralizar o desmonte dos bancos públicos”, avalia a sindicalista.

Para finalizar, Arimatéa revela que ainda falta percorrer a regional do extremo Sul, que inclui as cidades de Bom Jesus e Corrente, que está programada para depois o mês de dezembro de 2017.