Notícias

Seebf lança campanha salarial 2016 no Santander


Airton Ramos

 

            Os diretores Arimatéa Passos, Cesário Alves, Carlos Arias (Camarão) e Edvaldo Cunha lançaram ontem (25-08) a campanha nacional no banco Santander da rua Álvaro Mendes com funcionários da agência.

            “ Nas reuniões que nós fizemos em São Paulo, notamos que a Fenaban está intransigente e alegam que não querem dar nosso aumento de salário real. O engraçado é que nos últimos dez anos, os bancos tiveram um lucro de 120% e dizem que nós não merecemos o salário real”, explica o presidente do Seebf, Arimatéa Passos.

            Outro ponto que o presidente salientou no encontro foi a determinação dos bancos de trocarem bancários por tecnologia. “ A cada dia que passa, a tecnologia está tomando nossos empregos e temos que estar preparados para esse embate, pois há coisas que só a ferramenta humana pode fazer”, alertou.

            Cesário Alves, diretor de Organização, aproveitou o momento para convidar todos para o Encontro dos Delegados Sindicais que acontece no dia três de setembro e alerta que se houver uma possível greve, todos deverão estar unidos. “ Vamos participar e lutar”, concluiu. 

 

             Principais reivindicações dos bancários : Reajuste salarial: 14,78% (incluindo reposição da inflação mais 5% de aumento real),  PLR: 3 salários mais R$8.317,90, Piso: R$3.940,24 (equivalente ao salário mínimo do Dieese em valores de junho último), Vale alimentação no valor de R$880,00 ao mês (valor do salário mínimo), Vale refeição no valor de R$880,00 ao mês,  13ª cesta e auxílio-creche/babá no valor de R$880,00 ao mês,  melhores condições de trabalho com o fim das metas abusivas e do assédio moral que adoecem os bancários, Emprego: fim das demissões, mais contratações, fim da rotatividade e combate às terceirizações diante dos riscos de aprovação do PLC 30/15 no Senado Federal, além da ratificação da Convenção 158 da OIT, que coíbe dispensas imotivadas.